Menu
Buscarterça, 21 de maio de 2024
(67) 99913-8196
Dourados
16°C
Saúde

Campanha informativa ‘Saúde & Mulher’ alerta para importância da prevenção

25 outubro 2016 - 19h05

Durante a manhã desta terça-feira (25), os servidores da Secretaria de Administração e Desburocratização receberam orientações sobre temas ligados à saúde da mulher de uma forma diferente. A abordagem, realizada em um formato mais personalizado pela técnica-psicóloga Natiele Braga da Subsecretaria de Políticas Públicas para Mulher (SPPM), ligada à Secretaria de Estado de Direitos Humanos, Assistência Social e Trabalho (Sedhast), faz parte das ações do Outubro Rosa.

A campanha, que é realizada pelo Governo do Estado com apoio da Cassems, tem cunho informativo e objetiva orientar as servidoras quanto ao cuidado de prevenção da mulher, principalmente em casos de câncer de mama.

Dados de 2016 do Instituto Nacional do Câncer de Mama (Inca) atestam que todos os anos, os novos casos de câncer em mulheres mais de 25% são diagnosticados como de mama, enquanto o de colo do útero é a quarta causa de morte de mulheres por câncer no Brasil. Apesar disso, as chances de cura quando há o diagnóstico precoce é alta, por isso a relevância da prevenção.

Durante a abordagem, as servidoras receberam o folder da campanha que contem informações sobre os principais temas relacionados à saúde da mulher, como: Direitos Sexuais e Reprodutivos; Mortalidade Materna; Câncer de Mama e do Colo do Útero; HIV/AIDS; Doenças Sexualmente Transmissíveis; e por fim, Equidade em Saúde.

7z2a6966

Para a servidora Irene Maria Freitas, que há 26 anos desenvolve o trabalho de assessora técnica de Recursos Humanos na SAD é importante que o Governo trabalhe na conscientização e fortalecimento dessas políticas de atenção à saúde. “Fico feliz com essa preocupação do nosso Governo porque são ações importantes que nos permitem  cuidar da saúde preventiva. Na sexta-feira fiz os meus exames preventivos com a passagem do ônibus da saúde e já estou tranquila. Com a minha saúde, tudo certinho”,  pontua a servidora.

Já na visão do secretário interino de Administração e Desburocratização, Édio de Souza Viégas, com a iniciativa o Governo do Estado reafirma o compromisso com as políticas públicas para mulheres, visando à garantia de um atendimento de saúde igualitário, livre de discriminação ou violação de qualquer natureza.