Menu
Buscarsegunda, 22 de abril de 2024
(67) 99913-8196
Dourados
33°C
Agronegócio

Exportação de café cresce 70,5% em fevereiro

11 março 2011 - 11h03Por Redação Douranews, com Globo Rural

A receita com as exportações de café encerrou o mês de fevereiro em US$ 606,150 milhões, representando um crescimento de 70,5% quando comparada ao mesmo período de 2010 (US$ 355,502 milhões). No acumulado de janeiro e fevereiro a receita também apresentou uma alta de 62% relativa aos mesmos meses de 2010. Os resultados foram divulgados nesta quinta-feira (10/03) pelo Conselho dos Exportadores de Café do Brasil (Cecafé).

Os dados também mostram que foram exportadas em fevereiro 2,6 milhões de sacas (verde, torrado e moído, e solúvel). Isso significa um aumento de 17,6% no volume de sacas embarcadas com relação a fevereiro de 2010, quando foram exportadas 2,2 milhões de sacas.

Segundo o diretor geral do Cecafé, Guilherme Braga, os resultados confirmam a “tendência de incremento da receita com as exportações para este ano, uma vez que no mercado internacional o produto continua apresentando preços firmes, com altas moderadas”.

Conforme o levantamento, no gráfico de participação por qualidade o arábica responde por 89 % das vendas do país no mês de fevereiro, o solúvel por 9 %, e o robusta por 2 % das exportações.

Os mercados importadores mais representativos considerando o acumulado dos meses de janeiro e fevereiro de 2011 foram: Europa, com 55% do total, seguida pela América do Norte, com 23%; Ásia, com 17%, e América do Sul, com 3%. Entre os países que mais compraram o produto, a Alemanha está na liderança, com 1,1 milhão de sacas (20% do total). Na seqüência aparecem os EUA, com 1,1 milhão de sacas (também 20%); Itália, com 539 mil sacas (10%), e Bélgica, com 382 mil sacas (7%). O Japão está em quinto lugar com 358 mil sacas (7% do total).

O produto foi embarcado principalmente no porto de Santos, que escoou 4,4 milhões de sacas (81,2 % do total) nos dois primeiros meses do ano, em Vitória, responsável pelo embarque de 583 mil sacas (10,7%) e no Rio de Janeiro, que teve 341 mil sacas embarcadas (6,3%).