Menu
Buscarsegunda, 27 de maio de 2024
(67) 99913-8196
Dourados
13°C
Campo Grande

Crea debate a engenharia como fator de desenvolvimento em MS

08 dezembro 2016 - 11h08

O Crea-MS (Conselho Regional de Engenharia e Agronomia) realiza nesta sexta-feira (9), a partir das 19 horas, o seminário “A engenharia como fator para o desenvolvimento”, em Campo Grande, Dentre os palestrantes, estará o engenheiro civil e especialista em transportes, Pedro Celestino Pereira Filho que ministrará a palestra “O papel das engenharias no desenvolvimento do Brasil”. Atual presidente do Clube de Engenharia do Rio de Janeiro, tradicional entidade classista fundada em 1880, no período imperial, o engenheiro foi presidente do Conselho de Administração da Infraero (2010 e 2011).

Celestino abordará o momento atual que vive o setor da infraestrutura brasileira, que passa, além da crise econômica, por escândalos de corrupção. Segundo ele, os engenheiros possuem participação efetiva em duas áreas no desenvolvimento do país: a agronomia, com o agronegócio, e a engenharia, com atuação em frentes diversas, como a indústria, extração de recursos naturais, infraestrutura, entre outros.

Outro palestrante será Jean Willian de Moraes, engenheiro de controle e automação e gerente de engenharia e planejamento da Fibria Celulose que apresentará o Projeto Horizonte 2 da empresa, enfatizando o escopo e a evolução das diversas atividades, desde a aprovação do empreendimento, os principais dados, informações e capacidades do projeto, a estrutura de controle e gerenciamento do projeto, o status atual e os principais desafios futuros.

O seminário está sendo realizado com o apoio do Sebrae, Governo do Estado, por meio da Secretaria de Cultura, Turismo, Empreendedorismo e Inovação (Sectei) e da Caixa de Assistência dos Profissionais do Crea-MS (a Mútua). As inscrições estão sendo feitas no site www.creams.org.br e para participar é preciso doar um brinquedo que será destinado à campanha Natal Solidário do Conselho. Informações pelo teelfone 67 3368-1026, das 12 às 18 horas.

Deixe seu Comentário

Leia Também