Menu
Buscarquarta, 24 de julho de 2024
(67) 99913-8196
Dourados
21°C
unigran24
Cidades

Em um mês, piracema tem 19 presos e mais de 500 kg de peixe apreendidos

05 dezembro 2016 - 18h29

A piracema completa um mês em Mato Grosso do Sul nesta segunda-feira (5) e a PMA (Polícia Militar Ambiental) já registrou 19 prisões e a apreensão de 513 quilos de pescado. Os números representam o dobro em comparação ao mesmo período do ano passado, quando foram presas nove pessoas e apreendidos 228 quilos.

Além disso, a PMA aplicou R$ 38.300 em multas nesse período. O município com o maior número de pescado apreendido foi Coxim, com 274 quilos. O maior número de presos foi no município de Selvíria, segundo o balanço do mês.

Sicredi

Em relação aos apetrechos, a polícia não registrou aumento nas apreensões de barcos e motores de popa. Mas a quantidade de redes de pesca apreendida é quatro vezes maior em relação à piracema passada.

Os presos foram encaminhados à delegacia e liberados após pagamento de fiança. Mas em caso de reincidência, não há fiança, de acordo com a PMA. As pessoas autuadas e presas responderão a processo criminal e poderão, se condenadas, pegar pena de um a três anos de detenção. Além disso, a multa administrativa varia de R$ 700 a R$ 100.000, mais R$ 20 por quilo do pescado irregular.

Deixe seu Comentário

Leia Também