Menu
Buscarterça, 21 de maio de 2024
(67) 99913-8196
Dourados
18°C
Dourados

Idenor diz que vereadores concluem mandato de cabeça erguida

18 dezembro 2016 - 11h45

Durante a última sessão ordinária do ano do Legislativo de Dourados, sexta-feira, (16) passada, os vereadores fizeram questão de destacar a união do grupo, a responsabilidade e o trabalho sério na legislação, fiscalização e atendimento das demandas da sociedade.

“Tudo o que foi feito, foi feito dentro da legalidade. Estamos saindo de cabeça erguida”, afirma o presidente da Câmara, Idenor Machado (PSDB). “Fizemos uma gestão de boa convivência interna e também com o Executivo”, acrescenta Idenor. Ele agradeceu a lealdade dos vereadores, dos servidores e de assessores, que ajudaram muito no desenvolvimento de um ótimo trabalho.

O vice-presidente da Câmara, Cirilo Ramão (PMDB), destacou a atual legislatura como uma das melhores de Dourados. Ele disse que acompanha o legislativo há bastante tempo, desde quando era assessor. Desejou sucesso à vereadora Délia Razuk como prefeita de Dourados a partir de janeiro e disse que a experiência adquirida na Câmara a ajudará no trabalho.

O 1º secretário Dirceu Longhi (PT) destacou a convivência harmoniosa entre vereadores e também com os servidores da Casa. Agradeceu a oportunidade de ser vereador por dois mandatos e afirmou que continuará a luta política. “A luta por uma sociedade mais justa e igualitária continua e pode ser feita em várias trincheiras”, disse. Também agradeceu a confiança dos colegas vereadores que o elegeram secretário no último biênio.

O 2º secretário Pedro Pepa (DEM) afirmou que é motivo muito grande de orgulhoso ter participado desta legislatura. “Foi uma grande oportunidade de contribuir com a minha cidade, por ter me acolhido tão bem há 28 anos”, disse.

Para o vereador Aguilera de Souza (PMDB) ter feito parte da Câmara foi uma grande oportunidade para discutir as questões indígenas. “Mas a luta continua”, disse. Para ele, a Câmara foi uma grande faculdade, onde aprendeu muito.

O vereador Alan Guedes (DEM) disse que foram quatro anos de muito aprendizado e que faz aumentar a disposição de continuar o trabalho. “Tenho a sensação do dever cumprido. Estou a disposição da cidade”, disse.

A vereadora Délia Razuk (PR) também disse que aprendeu muito na Câmara. Lembrou de dois momentos difíceis, que foram a cassação do mandato do ex-prefeito Ari Artuzi e a invasão da Câmara por estudantes, mas que, segundo ela, a Casa soube conduziu com serenidade. “Saio com a visão de respeitar esta Casa e de que vamos trabalhar juntos por Dourados”, ressaltou.

Madson Valente (DEM), líder do Governo Municipal na Câmara, disse que fez um mandato de muito comprometimento com a sociedade. Elogiou bastante os vereadores que estão deixando a Casa, destacando as qualidades de cada um e desejou sucesso à futura prefeita.

O vereador Alberto Alves dos Santos, o Bebeto (PR) destacou a atuação de todos os vereadores que estão deixando o Legislativo e colocou o seu gabinete à disposição deles. Também desejou sucesso aos novos vereadores, que assumem as vagas em janeiro.

O vereador Juarez de Oliveira, o Juarez Amigo de Todos (PMDB) afirma que a cidade perde grandes vereadores, mas que ao mesmo tempo ganha novas lideranças dentro do processo democrático. Diz ainda que estar lutando no dia a dia para ajudar a resolver os problemas de Dourados é um privilégio.

O vereador Elias Ishy (PT) agradeceu aos colegas vereadores pela boa convivência e ressaltou que nos casos em que houve embates foram apenas no campo das ideias. Também destacou o fato de estar saindo da Câmara para ser prefeita de Dourados a primeira mulher e desejou sucesso à sua administração.

O vereador Marcelo Mourão (PRP) desejou que todos os que venceram a eleição façam um grande mandato e que os que não venceram sejam muito felizes. “Foi uma eleição dura e difícil”, disse e afirmou que continuará lutando e ajudando Dourados politicamente.

O vereador Nelson Sudário (PSDB) lembrou que realizou o sonho de ser vereador, que tinha desde criança. Disse ainda que ser vereador é uma tarefa muito difícil para quem deseja trabalhar pela comunidade. Destacou o fato de a nova prefeita de Dourados ter saído do Legislativo.

O vereador Maurício Lemes (PSB) também lembrou que desde criança tinha o sonho de ser vereador e afirmou que a despedida é momentânea. “Tentei fazer o meu melhor e acho que consegui. Fui o Maurício de sempre”, ressaltou. Também falou dos projetos de lei que apresentou para ajudar a modernizar a cidade.

O vereador Raphael Matos (PMDB) afirmou que sai com as mãos limpas e a cabeça erguida. “Participei de uma Câmara de gente honesta, abnegada no serviço pela população. Saio com a consciência tranquila”, disse. Agradeceu aos servidores da Câmara e destacou a boa relação entre Legislativo e Executivo.

O vereador Sérgio Nogueira (PSDB) destacou a atual legislatura da Câmara de Dourados como a melhor dos 81 anos do município. Desejou sucesso aos novos e vereadores que estão deixando a Câmara e também à prefeita diplomada Délia Razuk.

O vereador Silas Zanata (PPS) colocou o seu gabinete ao dispor dos vereadores que estão deixando a Câmara para os atendimentos das demandas de Dourados. Desejou sucesso à Délia Razuk e agradeceu à equipe de servidores e colaboradores da Câmara.

A vereadora Virginia Magrini (PP) agradeceu aos colegas vereadores pelo debate respeitoso na Casa. Agradeceu aos servidores e lamentou que a Câmara fique com apenas uma mulher vereadora no próximo mandato. E pediu aos vereadores que estão deixando a Câmara que continuem trabalhando e ajudando a cidade a se desenvolver.

Deixe seu Comentário

Leia Também