Menu
Buscarsábado, 13 de abril de 2024
(67) 99913-8196
Dourados
25°C
Dourados

Longen destaca que posse de Zauith resgata credibilidade política de Dourados

24 fevereiro 2011 - 12h12Por Redação Douranews, com Assessoria

O presidente da Fiems, Sérgio Longen, destacou, nesta quarta-feira (23/02), que a posse de Murilo Zauith à frente da Prefeitura de Dourados resgata a credibilidade política do município. “A diplomação do ex-vice-governador como prefeito de Dourados representa o ressurgimento da base política municipal para que sejam retomadas as ações de desenvolvimento da região”, disse durante a cerimônia de posse realizada no Plenário da Câmara Municipal de Dourados.

Ainda segundo Sérgio Longen, Dourados é a 2ª maior cidade de Mato Grosso do Sul e pólo da grande região sul do Estado, tendo como base da sua economia o setor agrícola. “Apesar de o suporte econômico de Dourados estar baseado na agricultura, a indústria e o comércio também estão em expansão no município. Por isso, a Fiems defende a união com a Famasul, Fecomércio e Sebrae/MS para a retomada do crescimento da região com ações concretas em benefício de toda a população local”, declarou.

Ele ressalta também que a posse de Murilo Zauith foi um momento importante para a democracia ao ratificar a vontade do povo que o elegeu. “O prefeito Murilo Zauith tem o compromisso de colocar o município no caminho certo”, reforçou, lembrando que a presença na cerimônia de grande parte da classe empresarial do Estado, bem como das diversas autoridades políticas, incluindo o governador André Puccinelli, demonstra que a sociedade sul-mato-grossense está confiante em uma boa administração do novo prefeito.

O prefeito Murilo Zauith voltou a reafirmar a importância das parcerias com a Fiems, Famasul, Fecomércio e Sebrae/MS para ampliar as ações dessas entidades representativas do setor produtivo na região da Grande Dourados. “Queremos fortalecer e ampliar, por meio da Prefeitura, os trabalhos do Sistema S no município e região. Estando juntos em todos os trabalhos em andamento, principalmente nos relacionados à qualificação da mão-de-obra para atender o setor industrial e também o rural”, pontuou.