Menu
Buscarsábado, 18 de maio de 2024
(67) 99913-8196
Dourados
22°C
Esportes

Karateca de Mato Grosso do Sul disputará Copa do Mundo no Japão

09 novembro 2016 - 13h44

O lutador peso-leve Victor Sato de Paula, de Inocência (MS), está entre os seis brasileiros que disputarão a Copa do Mundo de Karatê WKO 2016. A competição será realizada no próximo dia 13, na cidade de Osaka, no Japão. Em sua estreia no mundial, o jovem atleta de 18 anos, pretende ficar entre os três primeiros colocados na categoria adulto até 65kg.

Para atingir a meta, Victor intensificou os treinos com o pai Shihan Edilton Garcia de Paula. Os trabalhos físicos e técnicos são feitos, diariamente, na própria academia da família, a Daido Karatê. “Espero lutas difíceis, já que o Japão é o berço do karatê e os atletas são de altíssimo nível. Vou encontrar lutadores de vários países e com tipos diferentes de luta”, disse Victor ontem, enquanto aguardava o vôo de São Paulo com destino ao Japão.

Os brasileiros vão lutar em três estilos: Daido Karatê, Toeikan e Seiwakai. Cada uma das categorias em disputa no Mundial, conta com 35 lutadores. Para conseguir chegar à  decisão, o lutador de Inocência terá que vencer cinco oponentes. “Estou preparado e vou conseguir o título de campeão mundial”, acredita.

A vaga para a disputa da Copa do Mundo, veio com a conquista do Campeonato Brasileiro de Karatê Kyokushinkaikan, realizado em agosto. A competição que reuniu atletas de todos o país, foi sediada em Arthur Nogueira, no interior de São Paulo.

Apesar da estréia no Mundial, Victor já acumula uma década de experiência nos tatames - começou a praticar karatê aos 8 anos, com o pai. Além da recente conquista do Brasileiro na categoria adulta, ele tem dois títulos nacionais lutando pelo juvenil. Também já foi 16 vezes campeão estadual.

A carreira é vitoriosa, mas os problemas são os mesmos enfrentados pela maior parte dos atletas brasileiros. Para disputar torneios fora do Estado, o atleta de Ivinhema vem recebendo apoio da administração local. Desta vez, às vésperas do torneio no Japão, a situação não foi diferente.

Até rifas foram realizadas para levantar o valor necessário para o custeio da viagem - a organização do evento oferece apenas hospedagem aos paticipantes. A despesa com passagem e alimentação ficará em cerca de R$ 6 mil, calcula o karateca.

O evento é organizado pela World Kumite Organization. Todos os combates serão realizados na Osaka Prefectural Gymnasium - tradicional arena esportiva coberta da Prefeitura de Osaka, localizado em Namba.