Menu
Buscarterça, 21 de maio de 2024
(67) 99913-8196
Dourados
20°C
Futebol

Avião que levava time da Chapecoense para decidir Sul-Americana cai em Medelin

29 novembro 2016 - 11h18

Um avião que levava o time da Chapecoense, de Santa Catarina, caiu na Colômbia na madrugada de hoje (29), informou o Aeroporto José María Córdova, de Rionegro. A equipe seguia para Medellin, onde iria disputar amanhã (30) a primeira partida da final da Copa Sul-Americana contra o Atlético Nacional da Colômbia. O avião foi substituído em Rionegro depois que a aeronave original decolou de Guarulhos, em São Paulo, onde a equipe estava depois de perder o campeonato brasileiro no domingo (27) para o Palmeiras.

De acordo com uma postagem no Twitter do aeroporto, a aeronave, com matrícula CP 2933, caiu na região da província de Antioquia. As primeiras informações são de que há sobreviventes, e de que havia 81 pessoas a bordo - setenta e dois passageiros e nove tripulantes. Entre os ocupantes do avião, além de todo o time da Chape, havia jornalistas de várias emissoras brasileiras que acompanham o clube nessa trajetória inédita.

Confirmados, havia 72 passageiros e nove tripulantes a bordo. Autoridades locais informaram que há 76 mortos e cinco sobreviventes. O Aeroporto Internacional José Maria Cordova, de Medelin, informou que os cinco sobreviventes são os jogadores Alan Ruschel, Danilo e Follmann; o jornalista Rafael Henzel, da rádio Oeste Capital, de Chapecó; e a comissária Ximena Suarez. De acordo com o Bom Dia Brasil, o zagueiro Neto, da Chapecoense também sobreviveu. O prefeito de Chapecó, Luciano Buligon, que cancelou a viagem na última hora e o presidente Plinio Filho, do Conselho Deliberativo da Chapecoense, escaparam dessa tragédia.

Segundo a rádio Caracol, estariam a bordo do avião as seguintes pessoas: Alan Ruschel: primeiro a ser resgatado, o lateral do time foi levado para o hospital; segundo o Bom Dia Brasil, o jogador chegou em estado de choque e perguntando pela família.

Ananias Eloi Castro Monteiro: meia da Chapecoense, teve passagens pelo Bahia, Portuguesa, Cruzeiro, Palmeiras e Sport.

Arthur Maia

Bruno Rangel

Aiton Cesar

Cleber Santana

Marcos Padilha

Dener Assunção

Filipe Machado

Jakson Follmann

José Paiva

Guilherme de Souza

Everton Kempes

Lucas da Silva

Matheus Btencourt

Hélio Zampier

Sérgio Manoel Barbosa

William Thiego

Tiago da Rocha

Josimar

Marcelo Augusto

Mateus Lucena dos Santos

Caio Júnior (Luiz Carlos Saroli): técnico do time da Chapecoense e ex-jogador.

Eduardo Filho

Anderson Araújo

Anderson Martins

Marcio Koury

Rafael Gobbato

Luiz Cunha

Luiz Grohs

Sérgio de Jesus

Anderson Donizette

Andriano Bitencourt

Cleberson Fernando da Silva

Emersson Domenico

Eduardo Preuss

Mauro Stumpf

Sandro Pallaoro

Gelson Merísio

Nilson Jr.

Decio Filho

Jandir Bordignon

Gilberto Thomaz

Mauro Bello

Edir De Marco

Daví Barela Dávi

Ricardo Porto

Delfim Pádua Peixoto Filho
Guilherme Marques, da Globo
Ari de Araújo Jr., da Globo

Guilherme Laars, da Globo

Giovane Klein Victória, da RBS

Bruno Mauri da Silva, da RBS

Djalma Araújo Neto, da RBS

André Podiacki, da RBS

Laion Espíndola, do Globo Esporte

Victorino Chermont, da Fox

Rodrigo Santana Gonçalves, da Fox

Deva Pascovicci (Devair Paschoalon), da Fox

Lilacio Pereira Jr., da Fox

Paulo Clement, da Fox

Mário Sérgio, da Fox

Renan Agnolin, Rádio FM

Fernando Schardong, Rádio AM

Edson Ebeliny, Rádio AM

Gelson Galiotto, Rádio AM

Douglas Dorneles, Rádio AM

Jacir Biavatti, Rádio FM

Ivan Agnoletto, Rádio AM

Rafael Henzel: jornalista da rápido Oeste Capital, de Chapecó, foi resgatado com vida.

Tripulação
Miguel Quiroga

Ovar Goytia

Sisy Arias

Romel Vacaflores

Ximena Suarez

Alex Quispe

Gustavo Encina

Erwin Tumiri

Angel Lugo