Menu
Buscarterça, 21 de maio de 2024
(67) 99913-8196
Dourados
18°C
Fórmula 1

Felipe Nasr ainda não se conforma com última fila no GP do Brasil

13 novembro 2016 - 10h14

Pouco depois de ter sido eliminado ainda no Q1 do treino classificatório para o GP do Brasil, Felipe Nasr ainda se mostrava abatido com o desempenho de sua Sauber na tarde deste sábado (12), segundo publica o Globoesporte.com. Ainda sem vaga garantida para o próximo ano, o piloto brasileiro sairá da última fila no grid de largada em Interlagos. Nasr foi o último colocado no qualifying, mas ganhou uma posição em razão de uma punição de três colocações a Esteban Ocon (Manor) por atrapalhar Jolyon Palmer (Renault) durante a sessão.

“Foi uma classificação um pouco frustrante. O clima de hoje não foi muito favorável ao nosso carro, principalmente para os pneus funcionarem da maneira correta. Acabou favorecendo outros. Mas, na minha classificação em si, na minha última tentativa, tinha uma volta até boa, mas no último setor tinha um carro da Force India parado, preparado para abrir volta”, lamentou o corredor.

“Ali ficou boa parte do tempo que tinha ganho. Perdi toda a subida do Café inteira até a linha de chegada. Não deu certo, uma pena. Também acho que não seria fantástico, talvez teria uma ou duas posições na frente. Mas deu no que deu. O que eu posso fazer agora é me preparar para amanhã”, disse o piloto brasileiro, sobre a prova deste domingo (13) no Brasil.

Correndo risco de ficar fora do grid em 2017, Felipe Nasr chegou a Interlagos determinado a fazer um bom fim de semana, para ter mais chances de permanecer na categoria. Restando duas corridas para o final da temporada da Fórmula 1 – a última será em Abu Dhabi, no dia 27 de novembro –, somente duas equipes ainda não fecharam dupla para 2016. Além da própria Sauber, que já negocia com outros pilotos, a outra opção para Nasr seria a Manor, de acordo com o Globoesporte.

Deixe seu Comentário

Leia Também