Menu
Buscarsábado, 20 de abril de 2024
(67) 99913-8196
Dourados
14°C

Começou hoje (10) e vai até Sábado (12) o 10ª ‘Liquida Dourados’ que vem para aquecer a economia da cidade. Serão cerca de 140 empresas que estarão participando da campanha, da área central até o shopping, oferecendo descontos para esvaziar os estoques que podem chegar até 70%.

Cleomar Martins, proprietário da loja Nova Opção Modas, está muito otimista com as vendas. Logo pela manhã a loja dele registrava grande movimento. Ao Douranews, Martins disse que precisou contratar mais duas funcionárias por conta do movimento. E também destacou que no caso dessa campanha o intuito é dar os descontos nos produtos para finalizar os estoques, mas ainda assim, existem algumas lojas que não fazem isso e vendem pelo preço normal, prejudicando os clientes.

Já o gerente da Natalia Modas, José Torres, disse que as vendas começaram boas e espera que aumente com o passar das horas. Ele disse ainda que tem uma equipe se revezando e por isso não precisou contratar ninguém. Torres contou ainda que a loja oferece descontos vantajosos, como no caso de uma calça que custava R$ 105,00 e hoje está saindo por R$ 39,90;  uma bermuda que era R$ 29,90 sai por R$ 9,90. “Esperamos acabar com estoque até sábado para entrar com um novo”, finalizou.

Já para Marcelo Conceição, gerente da Gabi Modas, comparando com o ano passado o movimento deste está melhor um pouco por ser primeiro o dia. Ele destacou que está confiante com as vendas e já contratou mais duas pessoas por conta da expectativa de maior movimento. Ele também pretende liquidar o estoque até o final de semana.

As lojas estão identificadas com bandeirolas e cartazes. Hoje e amanhã, as empresas estarão abertas até às 20 horas. Já no sábado o atendimento vai até às 18 horas.

Segundo o presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas de Dourados (CDL), Otavio Benites, a grande diferença do Liquida Dourados em relação a outros sistema de “queima de estoque” é a abrangência. “O ‘Liquida Dourados’ não está restrito a um segmento específico, ele abrange as calçadas das lojas, shopping e até o comércio de alguns bairros”, disse. "Chegou a hora de comprar calçados, roupas, decoração, perfumes, celulares, moveis, eletrodomésticos, eletrônicos, e muito mais", destaca .

Deixe seu Comentário

Leia Também