Menu
Buscarquinta, 23 de maio de 2024
(67) 99913-8196
Dourados
23°C
cmd nao
Polícia

Suspeitos de matar casal que foi passar revèillon no Paraguai são presos

13 janeiro 2017 - 19h46

Quatro homens foram presos nesta quinta-feira (12) no bairro Guaraní, em Pedro Juan Caballero, no Paraguai, apontados como suspeitos de executarem a douradense Milena Soares Bandeira, de 23 anos e o namorado dela, Paulo Jaques, na tarde do dia 2 de janeiro, em Assunção.

De acordo com o jornal ABC Collor, Gabriel Ferreira Santos, Leandro Lucas de Oliveira dos Santos, Janderson Luis Siqueira e Peterson Lucas Cacenote de Souza são apontados como os autores do atentado que tinha como alvo o namorado da jovem.

Jaques, conforme aponta a imprensa paraguaia, era considerado braço direito do narcotraficante Jarvis Pavão, preso no país vizinho e apontado como mandante do crime que matou o empresário Jorge Rafaat, em uma emboscada ocorrida em junho do ano passado. O caso segue sendo investigado pelas autoridades paraguaias.

O crime

Paulo e Milena transitavam pelo bairro República, em Assunção, a bordo de uma caminhonete, no dia 2 deste mês, após terem ido passar as festas de final de ano na capital paraguaia, e foram atacados por volta das 13 horas, no cruzamento das ruas Dionisio Jara com a Tenente Lilio Cantalupi.

Paulo foi atingido por, pelo menos, 30 disparos de fuzil, enquanto a douradense acabou baleada na cabeça. O casal morreu no local, antes de receber os primeiros socorros. A irmã de Milena, que estava com eles no momento do crime, conseguiu escapar ilesa.

Deixe seu Comentário

Leia Também