Menu
Buscarsábado, 18 de maio de 2024
(67) 99913-8196
Dourados
22°C
Ponta Porã

Greve de auditores fiscais causa prejuízo de R$ 406 mil ao dia ao Estado

12 novembro 2016 - 11h45

A greve dos auditores fiscais em Ponta Porã, fronteira seca com o Paraguai, tem prejuízo atrasos de R$ 406,8 mil ao dia. A estimativa é baseada em análise da Federação da Indústria de Mato Grosso do Sul (Fiems).

Conforme a instituição, de janeiro a outubro, o Estado exportou, por Ponta Porã, o equivalente a 68 mil toneladas, o que representa um montante de US$ 24 milhões – R$ 76,8 milhões. “Considerando os 200 dias úteis nesse período, o prejuízo médio estimado é de US$ 120 mil ao dia – R$ 406,8  mil/dia.

Em alguns casos, caminhões ficam parados por até 15 dias esperando a liberação do Fisco para seguir viagem, informou a federação ao Correio do Estado.

Esse prejuízo foi tema de uma reunião realizada entre representantes do setor industrial do Estado, do Sindicato Nacional dos Auditores Fiscais da Receita Federal (Sindifisco) em Mato Grosso do Sul e também do secretário Meio Ambiente e Desenvolvimento Econômico (Semade), Jaime Verruck.