Timber by EMSIEN-3 LTD
  • futuro
  • Dnews Whats
Domingo, 28 Fevereiro 2021 09:41

Enfermeira que se recusou a tomar vacina morre depois de ser reinfectada pela Covid-19 Destaque

Escrito por
Priscila Veríssimo tinha 35 anos e trabalhava na linha de frente do atendimento aos casos de coronavírus na cidade Priscila Veríssimo tinha 35 anos e trabalhava na linha de frente do atendimento aos casos de coronavírus na cidade Reprodução/redes sociais

A enfermeira Priscila Veríssimo, de 35 anos, que era funcionária do Chama, o Complexo Hospitalar Manoel André, e que morreu quarta-feira (24), em Arapicara (AL), havia sido contaminada pela reinfecção da Covid-19. Ela se recusou a tomar a dose de Coronavac, a vacina chinesa, a que tinha direito por ser profissional da saúde.

Apoiadora de Jair Bolsonaro (sem partido), ela compartilhava frequentemente vídeos do presidente na conta do Facebook. Priscila já havia sido infectada uma vez. Por isso, achou que não pegaria a doença novamente e, seguindo o raciocínio do presidente, tinha dúvidas quanto à eficácia da vacina chinesa.

O hospital demitiu a enfermeira por ela se recusar a tomar a vacina e, na semana passada, ela pegou a doença novamente. Com complicações do novo coronavírus, Priscila morreu deixando um filho de 2 anos. Além da vacina, ela também compartilhava outros vídeos e imagens envolvendo o nome do presidente, abordando assuntos polêmicos, como o aborto, segundo repercutiu o Correio Braziliense.

O Tempo Agora

Entre em Contato

Editor de conteúdo
Clóvis de Oliveira
Email: clovis@douranews.com.br

Rua Floriano Peixoto, 343
Jardim América – Dourados/MS
CEP 79803-050
Tel.: 67 3422-3014

WhatsApp 9 9913 8196

Telefones Úteis

google-site-verification=JCBZiaUdGxZgtTnDymeR8S6dTexoochsEftWECURSIQ