Timber by EMSIEN-3 LTD
  • CORONA3
  • Dnews Whats
  • 10 anos
  • 10 anos1
Sexta, 22 Outubro 2010 10:09

HR de Nova Andradina recebe verba do governo

Escrito por Redação Douranews com Assessoria

Publicada no Diário Oficial desta sexta-feira (22) pela Agência Estadual de Gestão e Empreendimentos (Agesul) Ordem de Execução de Serviço (OES) da obra que vai concluir a ampliação do Hospital Regional, em Nova Andradina. Serão investidos R$ 142,2 mil e o prazo de execução é de 60 dias consecutivos, contados da data do recebimento da presente OES.

Cem mil beneficiados

Na última quarta-feira (20) o governador André Puccinelli assinou contrato de co-gestão para administração do novo hospital Dr. Francisco Dantas Maniçoba junto à secretária estadual de Saúde, Beatriz Dobashi, prefeitos dos sete municípios do Vale do Ivinhema e o diretor-geral da Fundação de Serviços de Saúde de Nova Andradina (Funsau-NA), Norberto Fabri Junior. De acordo com Puccinelli, “o Hospital Regional de Nova Andradina, que teve duas etapas – a de construção de uma parte nova e a reforma da parte antiga da instalação – é um hospital de primeiro mundo, que terá condições físicas para um atendimento de altíssima qualidade”.

Previsto para ser ativado já no próximo mês de novembro, o hospital deve atender diretamente uma população estimada em cem mil pessoas, habitantes das cidades de Angélica, Anaurilândia, Batayporã, Taquarussu, Ivinhema, Novo Horizonte do Sul, além do próprio município onde está construído o hospital.

O atual governo investiu diretamente cerca de R$ 2,5 milhões para edificar o hospital, que teve as obras iniciadas há 19 anos e por diversas vezes paralisadas. O hospital foi equipado e, como preparação para a ativação, a Secretaria Estadual de Saúde fez também um repasse financeiro para a Prefeitura e a Funsau para que fossem adquiridos os primeiros insumos, como utensílios, rouparia e medicamentos.

O novo HR oferecerá serviços de clínica médica, clínica cirúrgica, clínica obstétrica, clínica pediátrica, clínica ortopédica e urgência e emergência. Inicialmente, serão abertos 56 leitos e a previsão é que essa disponibilidade chegue até a capacidade de cem leitos futuramente. No setor de UTI, dez leitos serão implantados.

Para ativar essa estrutura operacional regionalizada, os governos vão aplicar inicialmente um valor mensal de R$ 510 mil. O Estado, a Prefeitura de Nova Andradina e o governo federal participam com R$ 150 mil cada um, e cada uma das demais prefeituras, aplicará R$ 10 mil. “O governo, além da própria construção física, é parceiro, e conta com a mesma parceria das prefeituras”, afirmou Puccinelli.

Reforma de Ponte

A publicação da Agesul traz ainda ordem para a reforma de ponte de madeira em vigamento simples, na rodovia MS-340, sobre o Córrego Traíra, trecho do Km 42,4, no entroncamento da BR 163 – Baianópolis. Com 12 metros de extensão, a ponte beneficia o município de Bandeirantes. O valor da obra está orçado em R$ 43,4 mil, com prazo de execução dos serviços de 30 dias consecutivos, contados da data do recebimento da OES.

 

ENTREVISTA

  • unigran 150
  • Editais

O Tempo Agora

  • unigran novo
  • live full house

Entre em Contato

Editor de conteúdo
Clóvis de Oliveira
Email: clovis@douranews.com.br

Rua Floriano Peixoto, 343
Jardim América – Dourados/MS
CEP 79803-050
Tel.: 67 3422-3014

WhatsApp 9 9913 8196

Telefones Úteis