Menu
Buscarsegunda, 22 de abril de 2024
(67) 99913-8196
Dourados
31°C
Política

Cimatti renuncia ao mandato para evitar cassação

15 março 2011 - 18h24Por Redação Douranews

O vereador José Carlos Cimatti Pereira, do PSB, também preferiu renunciar ao mandato para evitar a cassação. A sessão especial que iria julgar o caso dele foi aberta há pouco pela presidente da Câmara, Délia Razuk, e em seguida a secretaria da Casa recebeu o documento, assinado por Cimatti, abdicando do cargo para o qual foi eleito, pela sexta vez consecutiva, em 2008.

Cimatti foi preso no dia 1 de setembro, juntamente com outros oito vereadores de Dourados, sob a acusação de integrar suposta quadrilha que seria chefiada pelo ex-prefeito Ari Artuzi, que também foi preso durante a operação "Uragano" (furacão, em italiano) desencadeada pela Polícia Federal.

Antes do vereador José Carlos Cimatti, o primeiro a renunciar havia sido o vereador Zezinho da Farmácia, do PSDB. Na única sessão especial realizada até agora, os vereadores cassaram o mandato de Cláudio Marcelo Hall, o Marcelão, do PR. Amanhã está previsto o julgamento do vereador Humberto Teixeira Junior, do PDT, que promete comparecer na sessão para apresentar pessoalmente a defesa do mandato.

Deixe seu Comentário

Leia Também