Menu
Buscarterça, 16 de julho de 2024
(67) 99913-8196
Dourados
10°C
unigran24
Cultura

Grupo de Engenharia tem trabalho escolhido para revista científica

16 fevereiro 2017 - 17h35

O grupo de pesquisa Fenômeno do Transporte Aplicado, do curso de graduação em Engenharia Civil da Unigran, teve artigo científico aprovado para publicação na Revista Vetor, da Faculdade de Ciências Exatas e Engenharias da Universidade Federal do Rio Grande, no Rio Grande do Sul. O artigo será publicado ainda no primeiro semestre deste ano, como resultado de uma parte dos trabalhos realizados pelos estudantes sob a orientação do professor Wilson Espíndola.

A pesquisa que será publicada pela Revista Vetor pode ser descrita como uma aplicação da equação de Navier Stokes, muito famosa na mecânica dos fluidos, de acordo com os integrantes do grupo. O objetivo, segundo o professor, é buscar soluções particulares dessa equação e aplicá-las ao campo da Engenharia Civil.

Sicredi

O grupo de pesquisa Fenômeno do Transporte Aplicado, que iniciou as atividades em 2014, foi formado inicialmente para desenvolver modelos matemáticos a partir de alguns problemas da mecânica dos fluídos e termodinâmica, linha da engenharia chamada de Fenômeno dos Transportes, disciplina ministrada na Unigran por Espíndola.

O professor conta que o primeiro trabalho realizado pelo grupo trata-se do desenvolvimento de uma revisão bibliográfica do Teorema de transporte de Reynolds, realizado pelo estudante Gean Henrique Sabino Freiras, de 20 anos, publicado na Revista Eletrônica da Faculdade de Ciências Exatas e Agrárias da Unigran, em 2015.

Desde então, as atividades não cessaram, os alunos tem participado de vários eventos acadêmicos neste período. Além disso, nos anos de 2015 e 2016 o grupo realizou, nos laboratórios da Instituição, experimentos importantes para a disciplina, como, por exemplo, análises sobre transferências de calor, de ondas sonoras e de resistência de materiais como de embalagens tetra pak.

“A intenção é buscar formas de reaproveitar esse tipo de material pouco reciclado, reduzindo, assim, o impacto ambiental e o descarte destas embalagens”, conta o estudante Lucas Massotti da Silva, de 20 anos.

Os acadêmicos que fazem parte do grupo de pesquisa ressaltam a importância para os novos engenheiros em conhecer de perto o mundo científico, não só como expectador, mas também como produtores de ciência.

“O interessante é que em nossa atividade profissional também trabalhamos com desenvolvimento de projetos, de laudos técnicos e de relatórios. Então quando participamos de uma pesquisa percebemos a ligação entre a teoria, que estudamos em sala de aula e a prática”, acrescentou o estudante Lucas Herber Bartoli, de 21 anos.