Menu
Buscarterça, 21 de maio de 2024
(67) 99913-8196
Dourados
18°C
Economia

Para Cristovam, crise fiscal só pode ser superada com pacto de responsabilidade

24 outubro 2016 - 18h20

O senador Cristovam Buarque (PPS-DF) afirmou que para superar a grave crise fiscal que enfrentam a União, estados e municípios o país precisa fazer um pacto de responsabilidade, com o compromisso de não gastar mais do que se arrecada e gastar de forma decente, inteligente e eficiente.

Esse pacto, segundo o senador, implica definir bem as prioridades e cuidar bem dos mais necessitados. Por isso, ele advertiu que não se poderia sacrificar o presente dos brasileiros, que é a saúde, nem o futuro, que é a educação. Para Cristovam Buarque, também é preciso fazer com que os ricos paguem mais impostos do que os pobres e usar melhor o pouco que é destinado aos serviços públicos.

- Em certos momentos de crise, é preciso também, dentro desse pacto da responsabilidade, buscar mais eficiência. É preciso melhorar a eficiência  com o pouco dinheiro que se usa. Dá para fazer mais na saúde pública com os  limites atuais de recursos gastos. Comparem internacionalmente que vocês verão isso. Então, esse seria um grande pacto a que precisamos chegar a aqui. O ponto de partido é diálogo - afirmou o senador.

Cristovam Buarque disse, ainda, que o salário mínimo não pode ser sacrificado. Para ele, devem ser sacrificados os salários do teto no serviço público, como os dos parlamentares, por exemplo.

- Por que a gente não faz com que esses salários não subam nem mesmo pela inflação? Por que não damos o exemplo aqui, definindo o nosso teto congelado por um certo tempo? - indagou o senador.