Menu
Buscarsábado, 18 de maio de 2024
(67) 99913-8196
Dourados
20°C
Opinião

Raufi Marques, o 'Pelé' no time da dona Délia

18 janeiro 2017 - 19h09Por José Jarbas Feitoza de Queiroz

jarbas raufi O que aconteceu de bom na campanha eleitoral realizada para prefeito em 2016 foi a vinda do meu amigo Raufi Marques para Dourados, o maior estrategista e articulador político de todos os tempos. Vem gente de muito longe tomar lição de política com ele.

Por isso que eu digo: Se você encontrar uma tartaruga em cima de um toco, é porque alguém a colocou lá; com certeza, ela fez por merecer esse gesto!

Quero dar os parabéns para a dona Délia pela sua vitória e parabenizá-la também pela escolha do secretariado. No caso do meu amigo Raufi, quero dizer que a senhora está trabalhando ao lado ‘do Pelé’, ele é um craque na sua articulação.

Só para lembrar, perto dos anos 90, eu, o Raufi e o seo Humberto [o ex-prefeito Humberto Teixeira] fomos, juntos, ao aeroporto, para buscar o então candidato e hoje senador Collor de Melo, que veio a Dourados em campanha de pré-candidato a presidente do Brasil.

Dias depois, estávamos juntos, novamente, vistoriando uma área que o seo Humberto, já como prefeito, havia decidido desapropriar para a implantação do Jardim Canaã I. Era uma área grande, um braquiarão, cheia de cupins, nada plaina; eu não entendia muito bem se aquilo ia dar certo, mas torcia para que sim.

Com a construção de 1000 casas, o seo Humberto alojou cerca de 5000 pessoas, tirando muita gente debaixo da lona que passaram a ter direito a uma moradia digna, com água, luz...

A partir do Canaã I, muitos outros loteamentos surgiram – Jardim Carisma, Santa Maria, Santa Brígida e outros -, sem contar os demais Canaãs, além do que a rua Monte Alegre teve continuidade e hoje se transformou em um grande corredor e importante centro comercial.

Só aquela região, onde nasceu o Canaã I, compreende hoje mais de 20 mil pessoas. Certamente, ao escolher aquela área de braquiarão, o seo Humberto e o Raufi já tinham a visão de que a partir dali estariam ‘puxando’ o crescimento da cidade para aqueles lados...

Com certeza, se tivéssemos mais Humbertos e Raufis Marques pra cuidar da nossa cidade, os rumos seriam muito diferentes.

José Jarbas Feitoza de Queiroz