Menu
Buscardomingo, 16 de junho de 2024
(67) 99913-8196
Dourados
23°C
unigran24
banner100
PLANO B

Tereza Cristina volta a ser cotada para vice

Aliados de Bolsonaro defendem indicação de uma mulher na chapa

15 junho 2022 - 09h12Por Redação Douranews

Depois que o presidente Jair Bolsonaro parou de subir nas pesquisas e não conseguiu empatar nas intenções de voto com o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva em junho, como previa o comitê da reeleição, a equipe do presidente da República voltou a defender o nome da ex-ministra da Agricultura, Tereza Cristina, para ser a candidata a vice no lugar de Braga Netto.

Conforme escreve o jornalista Valdo Cruz no portal do G1, o próprio presidente admitiu essa hipótese nesta terça-feira (14) ao afirmar que “ele [Braga Netto] é um nome palatável, é um nome de consenso, que sabe conversar com o Parlamento. É um colega meu da Academia militar. Ele pode ser vice. Alguns querem a Tereza Cristina, um excelente nome também. Mas isso vai ser definido mais tarde".

Quando Bolsonaro começou a subir nas pesquisas, integrantes do comitê da reeleição do presidente e aliados chegaram a prever que ele empataria com Lula em junho e, no mês seguinte, já estaria numericamente à frente do pré-candidato do PT. Só que, pelas últimas pesquisas, Bolsonaro estagnou com 27% a 30% das intenções de voto, parou de subir e sua campanha ficou dividida sobre a melhor estratégia para tentar a reeleição, segundo o jornalista.

Enquanto isso, a ex-ministra segue em pré-campanha pelo Estado, junto com o ex-secretário estadual de Infraestrutura, Eduardo Riedel, na tentativa de formação de uma dobradinha para o Senado e o Governo de Mato Grosso do Sul, respectivamente.

Deixe seu Comentário

Leia Também